A MÁQUINA DO TEMPO É O MISTÉRIO DE DEUS?

O LIVRINHO DOS SETE TROVÕES

CAPÍTULO 20

JUÍZO FINAL E O INFERNO

 
 

 

JUÍZO FINAL:

No ano de 1777 d.D.Z., a Nova Jerusalém 7, após se retirar de um planeta de humanos, se aproxima da Terra e iniciará o processo de Ressurreição, onde todos serão ressuscitados e julgados separadamente.

 

(...) O "Réu", é trazido à julgamento, encontrando-se ressuscitado porém em sono.

E no julgamento é submetido à hipnose profunda.  Onde passa a vivenciar toda a História de sua vida, do nascimento à morte tendo condições de interferir no seu passado, já que o réu regride espiritualmente no tempo. E assim ele mesmo funciona como anjo da guarda de si próprio.

Deus também influencia no passado do réu, mediante o permitido pelo réu em vida.

 

Exemplo: O leitor nesse exato momento está sendo observado pôr Deus e pôr si próprio no Juízo Final.  Pois no Juízo Final, o leitor já está ressuscitado no futuro, e se encontrando sob Hipnose Profunda por estar acontecendo o seu Julgamento. E assim és observado do nascimento à morte.  Pois a Hipnose profunda estabelecerá contato do nascimento até à morte, e assim, toda a vida será analisada

Certamente serão colocados sobre a cabeça do "julgado/réu" um instrumento capaz de converter seus impulsos cerebrais em imagens que serão expostas em vídeo de forma que todos possam observar a sua vida durante seu julgamento.  E através destas observações será deferida sua sentença.

Nota:  hoje quando reescrevo este livro, já existem métodos de transformar impulsos cerebrais em imagens, que dirá daqui a algumas centenas de anos.

 

Vamos a sequência do texto...

Estando o réu morto na Terra:

Deus e respectivos anjos desperta-o no Juízo Final retirando-o da hipnose profunda.

Então o réu ouvirá a sua sentença.

 

Entretanto às vezes ocorrem falhas onde o réu é morto na Terra e no entanto os anjos do Juízo Final esquece de retirá-lo do transe "acordá-lo". E assim o morto fica meio que perdido em sua época e tende às vezes ser percebido pôr pessoas com poderes mediúnicos. Uma vez que sua presença no passado continua sendo sentida mesmo após sua morte. Mas no momento em que ele sair do transe no Juízo Final, imediatamente ele perderá contacto com o passado.

Obs.: quando vou ao velório de alguma pessoa, sinto a presença de algo que aparenta ser o espírito do falecido.

Isto à meu ver, deve ser um descuido proposital dos anjos responsáveis pelo julgamento final, afim de permitir que o morto presencie o seu velório.  E para que isto aconteça, basta que o anjo não desperte o hipnotizado logo após a sua morte.

Todavia esse fenômeno pode ser raro.  Pois dependerá do anjo e principalmente da permissão de Deus.

 

O que ocorre com freqüência em sessões mediúnicas, é contacto com espíritos que habitavam no corpo provindos do Universo Paralelo, que são espíritos condenados em Juízo Final de algum planeta no passado que pensa ser o agente causador da vida naquele corpo enquanto o mesmo estava vivo "reencarnação", e não o espírito do morto propriamente dito "que foi igualmente gerado no útero materno", pois este continua em sono até ser despertado no Juízo Final de nosso planeta.

(Pois quando morremos, nosso espírito fica inerte, e o mesmo se encontra conectado em um local do corpo físico, que já denominei como Ezeque, porém imperceptível aos sentidos. E nisso o morto é levado à sepultura ou cremado, porém o espírito inerte continua conectado a este local do corpo, mesmo que todo corpo se decomponha, o espírito continuará inerte no conectado mesmo que seja a um único átomo ou partícula que continuou existindo derivado do corpo decomposto ou cremado.

Isto posto, quando morremos. Estamos mortos mesmo!!! E só voltaremos à vida quando Deus nos ressuscitar no Juízo Final, quando através de um processo o espírito é rematerializado. Mas, se o réu for condenado, ele voltará a morrer e ficará morto mesmo.

Todavia, um dia o espírito inerte desse "morto mesmo" adentrará em algum Buraco Negro e vazará para o Universo Paralelo, e devido as leis físicas de lá "que serão superficialmente expostas posteriormente" o espírito inerte passa a existir e podendo inclusive se manifestar em nosso universo como possessão sutilmente descrita como reencarnação "posteriormente entenderemos".)

Também é possível que ocorra "precipitação do anjo": onde o réu aparenta ter morrido no passado "mas não morreu de fato" e o anjo responsável pelo julgamento do réu no futuro resolve despertá-lo no Juízo Final.

Quando isso ocorre, o espírito do réu se desprende do passado e caminha para o futuro para ser despertado. Entretanto se esta não for a vontade de Deus: Deus intercepta essa ação e põem o réu novamente em transe.

Quando isso ocorre, o réu que aparentava ter morrido no passado, retorna a vida e tende a relatar a seus contemporâneos uma viagem, mas sem conseguir chegar ao fim dessa viagem uma vez que ele não foi despertado totalmente no Juízo Final, e pôr isso ele retornou a vida.

 

OBS.: Na EQM (Experiência Quase Morte), a pessoa "tida como morta (em coma)" não morreu, porém sua situação é tão aproximada da morte que chega à enganar até os próprios anjos que estão processando a hipnose profunda no futuro sob o corpo daquele "doente", que no futuro se encontra ressuscitado porém em sono.

Se os anjos não fizerem nada, e deixar o ressuscitado ainda em sono e hipnotizado, não haverá EQM.

A EQM acontece quando o anjo encerra o processo de hipnose, porém o ressuscitado do futuro continua em sono.

Quando isso ocorre, uma ordem é emitida imediatamente para que não acorde o ressuscitado e reestabeleça a hipnose profunda, para que as informações do corpo ressuscitado no futuro não sejam transmitidas para o corpo do mesmo no passado. 

Nesse interim, onde os anjos encerraram erroneamente o processo de hipnose:  o quase morto do passado, terá a observação de um túnel e várias lembranças da vida.  Pois visualizou toda a sua vida até a hora em que o seu corpo do futuro deixou de estar hinotizado.

E assim, quando o corpo do passado sair do coma, ele terá essas lembranças, só não terá mais, por quê os anjos não o acordaram no futuro.

Daí, quando ele acordou do coma, ele viu um túnel e suas lembranças, pois na verdade, ele acessou a memória do ressuscitado no futuro

 

Mas, quando os anjos cometem o erro de acordar o ressuscitado "ainda que seja por um segundo", estando ele ainda vivo no passado.  Acontecerá o caos!!!

Pois o hipnotizado terá duas lembranças do tempo e por isso ele conhecerá o futuro!

EXPLICANDO MELHOR:

A primeira lembrança é aquela onde ele presenciou no Juízo Final, sendo toda a sua vida, inclusive o momento em que ele entrou em coma e saiu do coma e viveu até a sua verdadeira morte.  Pois a morte anterior, foi um erro dos anjos.

Quando ele é novamente hipnotizado no futuro, ele recontactará com ele mesmo no passado e o sub consciente do passado sabe que ele não morreu no coma e essa memória poderá ser acessada por ele no passado e saberá tudo que irá acontecer, pois o subconsciente é acessado no sonho.

 

Quando isso acontece: como os anjos resolvem esse problema?  Pois os anjos geraram alguém que tem capacidade de ver o futuro?

 

Numa ocasião, num Programa de televisão presenciei um relato onde a pessoa morreu e reviveu, e quando reviveu lembrou de fatos que ainda iriam ocorrer.

Sabe o que aconteceu com essa pessoa?  Vou te dizer!  Conforme os relatos que assisti no Programa da Márcia:

A pessoa em questão, após o seu EQM, passou a ver o futuro e viu também uma outra pessoa à vigiando.  Derrepente, Morreu!

Conclusão, aquela pessoa que à vigiava, era o anjo que iria matá-la!!!

Enfim, foi dessa forma que se resolveu o problema!!!

Uma ordem oriunda do futuro teria sido emitida aos anjos que estavam no passado para que se matasse aquele indivíduo.

 

Não sei se os fatos relatado no "Programa da Márcia" é verídico, porém se for, a explicação seria a dada anteriormente.

 

Este é um dos motivos dos anjos serem cautelosos na hora de acordar o ressuscitado no futuro.  Ou seja, evitar que fenômenos como esse aconteça.

Assim, os anjos talvez deixem o ressuscitado em sono e hipnotizado por sete dias depois de sua morte no passado.  A consequência disto é para aqueles que são sensitivos, perceberem que o espírito do morto ainda está presente nas periferias, principalmente no velório.

 

Já tomeir conhecimento de um outro relato, "um caso diferente" uma pessoa conseguia trazer a consciência do entrevistado para si, ou seja, imagine vc "entrevistado" conversando com um "médium" e este assume uma consciência semelhante a sua e você conversa consigo mesmo.
 

Analisei na época esse relato e concluí que o médium conseguia conectar com a consciência do entrevistado localizada no Juízo Final e assim a comunicação aconteceu.

(...)

Voltando ao texto....

Digamos que o réu tenha sido condenado:

Os anjos então o acompanhará para a Nova Jerusalém 2 onde o réu será aprisionado em uma das salas da Cidade Quadrangular (Nova Jerusalém), e posto em sono, para depois quando o tempo voltar ao normal, ser morto pela segunda vez ao ser jogado "vivo - talvez anestesiado para que não sinta a dor da segunda morte" como matéria orgânica no planeta Semelhante a Vênus.

Os absolvidos ficarão na Nova Jerusalém 7 e residirão no Paraíso.

 

Não obstante, os responsáveis pelo auxílio a Deus em tais tarefas, são os Sacerdotes, anjos e arrebatados "neocristãos", pois conhecem o processo.

Quanto aos carcereiros da Nova Jerusalém 2 (a que se encontraria atualmente no interior da Lua), são os arrebatados, santos e sacerdotes que regredirão no tempo após matarem aos condenados ao jogá-los no planeta Semelhante à Vênus, talvez o próprio.

 

INFERNO:

O Inferno é o Universo Paralelo, onde as leis físicas de lá são diferentes de nossas leis físicas.

A principal diferença é a Luz.

(...) Qualquer matéria que entrar num Buraco Negro, enviará uma cópia exata ao Universo Paralelo.

 

Veja: FÍSICA DA MÁQUINA DO TEMPO OU TEORIA PENTADIMENSIONAL que esse processo será melhor entendido.

 

A emissão de corpo-cópia, resulta da inversão de direção do corpo "matéria", onde o corpo caminhava para o futuro, mas ao passar pelo Buraco Negro, passou a trafegar para o passado "devido ao regresso no tempo". Todavia uma cópia desse corpo continuará se dirigindo para o futuro, porém no Universo Paralelo.

E esta cópia é o corpo-cópia que aparece no Universo Paralelo ao originar-se num Quasar de lá.

Estando a cópia no Universo Paralelo, a mesma estará num tempo absoluto na exata data em que saiu de nosso Universo.

Lá o espaço tempo não é Relativo e sim Absoluto.

O mesmo ocorre com a matéria viva, sendo que a cópia do corpo adentra no Universo Paralelo, desprovida de espírito, pois o espírito é uma característica especial de certos tipos de matéria que produz em todas as partículas que lhe compõem, um certo movimento que a faz trafegar nos planos quadridimensionais (a matéria viva possui excesso de velocidade pentadimensional, ou seja, proporciona contato entre os quantuns pentadimensionais no interior dos vetores pentadimensionais fazendo com que a informação do plano quadridimensional anterior passe para o posterior e assim a noção de que o tempo passa existe na matéria viva. "Teoria Pentadimensional").

 

O corpo cópia que entra no Universo Paralelo, devido a direção do movimento dos corpos-cópia, que é exatamente o oposto da direção do corpo-espírito "vivo". Assim, mantemos nosso espírito em nosso Universo.

Mas uma cópia do corpo é enviada ao Universo Paralelo (como um espelho), se encontrando em um tempo absoluto. Porém totalmente desprovida de espírito.

Quando um planeta entra num Buraco Negro, todos os espíritos que estiverem sem corpo vivo "mortos", adentrarão no Universo Paralelo (que é o Inferno) e existirão juntamente com o planeta pois se materializará num Quasar no Universo Paralelo, sendo uma cópia exata do planeta quando penetra no Buraco Negro.

 

CONTEÚDO RETIRADO

 

Quando esses espíritos estiverem mortos pôr terem sido condenados no Juízo Final e entrarem no Universo Paralelo (devido a entrada da Nova Jerusalém 2 no Buraco Negro ou regredido espaço temporalmente em meios artificiais), eles imediatamente serão atraídos pelos respectivos corpos-cópia que estiverem no Universo Paralelo.

Melhores explicações para esses fenômenos estará na Teoria Pentadimensional.

 

No Juízo Final haverão os Absolvidos e esses habitarão na Nova Jerusalém que equivale a 6/12 da população do Juízo Final.

Uma outra Nova Jerusalém (que será construída no Milênio de Cristo, regredirá duas vezes no tempo e dará origem a Nova Jerusalém que conterá 6/12 de absolvidos).

A Nova Jerusalém em seu primeiro retorno no tempo, ela irá apenas com os Príncipes, os anjos e etc ao passado.

 

CONTEÚDO RETIRADO

 

Em seu segundo regresso no tempo, já terá toda Igreja arrebatada em seu interior, que equivale a 1/12 de toda raça humana. Mas antes de iniciar o segundo regresso no tempo, ela recolherá todos os condenados do Juízo Final e os lançará no lago de fogo e enxofre "local Semelhante à Vênus".

Venus, chove Ácido Sulfúrico e sua temperatura é cerca de 470º C.

Esses condenados equivalerão a 6/12 de toda raça humana.

 

Após executar essa tarefa onde os espíritos dos mortos estarão devidamente preparados para entrar no Universo Paralelo: A Nova Jerusalém 2 executa seu segundo regresso no tempo enviando corpos-cópia (1/12) para o Universo Paralelo onde os espíritos dos condenados ocupa-los-ão; e em cada corpo haverão 6 espíritos condenados.

E assim no tempo absoluto no Universo Paralelo, haverá uma cópia da Nova Jerusalém com 1/12 de corpos-cópia, porém sem nenhum espírito, pois espírito vivo (devidamente conectado ao corpo) não entra no Universo Paralelo "Inferno".

Então os espíritos condenados são imediatamente atraídos para os corpos-cópia da Nova Jerusalém, que para não confundir, denomino-a de Lua Negra "Lilith".

Cada pessoa na Terra possui um anti-ser total e uma linha de 12 cópias físicas, onde seu anti-ser corresponde a parte negativa dessa linha espírito-corpórea.

 

Em nível de exemplo: o leitor ao ser absolvido no Juízo Final, mandará uma cópia de seu corpo para o Universo Paralelo caso esteja entre os arrebatados. Enquanto que o anti-ser foi condenado no Juízo Final e portanto, tornou a morrer.

Quando o espírito do seu anti-ser (total) entrar no Universo Paralelo, será imediatamente atraído pôr seu corpo-cópia. (Todavia, apenas os arrebatados de um modo geral, quem enviarão corpos-cópia para o Universo Paralelo, uma vez que apenas esses regredirão no tempo no devido momento.

Embora hajam muitas Nova Jerusalém’s regredindo no tempo e enviando corpos-cópia, porém me preocuparei com apenas uma para não confundir o leitor.

 

Digamos que o envio de corpos-cópia para o Universo Paralelo ocorreu no ano 1 bilhão de nosso universo.

Assim, esses corpos-cópia aparecerão num Quasar do Universo Paralelo no ano 1 Bilhão daquele Universo, pois ambos os Universos foram formados no mesmo dia, pois um é resultado do outro, sendo que no nosso o tempo é relativo sendo possível regredir no tempo, enquanto que no Universo Paralelo o tempo é absoluto e por isso é impossível regredir no tempo).

 

No Universo Paralelo a luz trafega a 300.000 km/s.

Enfim, as leis físicas de lá são praticamente idênticas as daqui, a única diferença é que não se pode regredir no tempo...

 

 CONTEÚDO RETIRADO

 

(Devido a singeleza que separa o nosso Universo do Universo Paralelo e devido a infinita dimensão de ambos, os seres derivados do Universo Paralelo, pôr vezes não se dão conta em qual Universo se encontra, pois a atração existente entre corpo-cópia sem espírito para o espírito do paralelo independentemente de qual universo o corpo-cópia sem espírito se encontre "seja no regresso no tempo de corpo de anjo das trevas, que cria corpo sem espírito no passado ou quando a Máquina do Tempo regride, a mesma lança corpos-cópia sem espírito no Universo Paralelo, e isto confunde os invasores de corpos, fazendo com que eles desconheçam de imediato o universo em que se encontram. Isto posto, vê-se que alguns "ET’s" podem estar sujeitos a emitir ensinamentos errados pensando estarem corretos, visto que alguns deles sequer sabem o universo em que se encontram.

 

Poderia expor várias opiniões que os mortos "cultos" teem em relação aquilo que eles consideram verdades ao mundo deles.

Mas, creio que não há necessidade, pois a nós o que interessa é o Universo dos Vivos, visto que vencemos a morte pelo Sangue de Jesus).

 

Quando a cópia da Nova Jerusalém surgir num Quasar do Universo Paralelo (para eles, o Universo surge a partir de um Quasar, pois é nos Quasares de lá, que nascem as Galáxias, tal como aqui), só haverão 1/12 de corpos para 6/12 de espíritos e portanto cada corpo-cópia atrairá os 6 espíritos mais próximos a sua linha corpórea.

No início do inferno, o mesmo parecerá um paraíso, pois herdarão a cópia da Nova Jerusalém paradisíaca do pós-Juízo Final.

E Lúcifer e seus anjos ocuparão os corpos-cópia dos Deuses, Arcanjos, Querubins, Serafins, Príncipes e Anjos.

Cada corpo-cópia será ocupado pôr seis espíritos, porém haverá o espírito líder daquele corpo, que é o anti-ser total do absolvido "arrebatado" doador de corpo-cópia devido a forte atração corpo espírito. E seis espíritos viverão em um único corpo.

Lúcifer (ocupando o corpo-cópia de um dos Deuses) então dirá que julgou os réus. E aos condenados: matou no Juízo Final, porquê eles enquanto encarnados não se comportaram decentemente na Terra e por isso foram mortos novamente.

Entretanto, Lúcifer lhes entregará outro corpo "especial - corpo-cópia", e solicitará a esses "condenados" para que tais pratiquem boas atitudes "trabalhando como que de graça para Lúcifer". Pois quanto maior for as doações, mais próximos eles ficarão de Deus "morto".

 

Lúcifer e seus anjos conhecem o Mistério do Universo "ao contrário dos condenados comuns". E pôr isso os condenados comuns serão enganados e pensarão que Lúcifer é Deus e confiarão em suas promessas na esperança de galgar os degraus do inferno e ficar mais próximos de deus, tal como os anjos de Lúcifer e usufruírem das "regalias capitalistas" que Lúcifer e seus anjos usufruem.

Os condenados comuns, oferecerão grande parte do que adquirirem no inferno a Lúcifer, sendo eternos doadores (tal como os países pobres em relação ao FMI), até que começarão a se revoltar.

 

Contudo, Lúcifer e seus anjos, estarão cientificamente preparados para castigar a esses revoltados. Seja torturando-os ou matando-os.

Estes uma vez mortos no Universo Paralelo, os espíritos que habitavam aquele corpo-cópia "morto", será sugado pelo corpo mais próximo, geralmente pelo assassino.

 

CONTEÚDO RETIRADO.

 

Muito mais coisas poderia expor. Todavia o inferno não me causa interesse, além do fato de temer cometer algum erro, visto que a total compreensão do inferno virá quando entendermos completamente o universo como um todo, pois o exposto nesse Livro é apenas uma visão superficial dos Mistérios do Universo.

 

capítulo anterior   próximo capítulo

 
 
 
 
 
 
 
 

 

Desenvolvido por PEPE PROPAGANDA