MÁQUINA DO TEMPO É O MISTÉRIO DE DEUS?

O LIVRINHO DOS SETE TROVÕES

CAPÍTULO 7

AS IDEOLOGIAS DE ROSS E BERG

 
 

 

Convém relatar que no período do dia 900: a humanidade terá o futuro em suas mãos, podendo terminar o Apocalipse naqueles dias. Bastando que o oitavo Papa solicite que os governantes do mundo executem a Solidariedade Extrema e seja atendido ou renunciem aos seus cargos em prol de um Governo Estatizante.

Isto será os alicerces do Paraíso na Terra.

 

Quando o oitavo Papa, fizer essa solicitação.  Provavelmente isto lhe causará inimigos "porém ninguém admitirá isso publicamente e procurarão outros motivos que justifique tal ira", e assim isso o sumo pontífice terá sua vida e seu pontificado ameaçados em Roma.  E por motivos que será apresentado posteriormente, alguns anjos afirmarão que o oitavo papa renunciou e pôr isso conviria que o sétimo papa voltasse ao Trono de Pedro no Vaticano.

 

VENCEDORES DE LAODICÉIA (Ap.:3;14 à 22):

São pessoas que admitem que o autor desse Livro seja um enviado do Deus Vivo.

Após isso: de tais Vencedores, surgirão os anjos de Ross e os anjos de Berg e inicialmente as ideologias se equiparão, mas posteriormente tornar-se-ão inimigas radicais.

A priori tais ideologias se iniciam da seguinte forma:

No início do Apocalipse conhecido, se supõem que ainda não houve arrebatamento da Igreja e assim, tudo se comporta como se nada estivesse acontecendo a nível profético.  Mas, os vencedores de Laodicéia, entenderão o Mistério da Máquina do Tempo e saberão que assentar-se-ão com Jesus no Trono de Deus e se tornarão anjos assim como o Sétimo Rei "Ross". E jamais serão derrotados.

Ainda que no futuro, algum semelhante a eles se empenhe numa batalha contra o Senhor dos Exércitos "Deus".  Saber-se-á que aquele semelhante à eles, é apenas um clone demoníaco. Visto que eles estão destinados à vitória, e se a História registrar que eles perderam, será mentira. Pois quem de fato perdeu, foi o clone demoníaco "imagem", uma vez que terão a Máquina do Tempo, e por isso só entrarão fisicamente na História, já conscientes de que vencerão e ao saberem que irão perder naquela etapa histórica, deixarão que a imagem "clone demoníaco" perca em seus lugares "isto é a Alteração Histórica e motivo da eliminação dos paradoxos do tempo, conforme já relatei".  "Não que eles deixem de defender suas interpretações históricas por temor à derrota, pois se uma determinada interpretação se faz perdedora "ante à eternidade" tal interpretação é mentirosa e por isso cabe ao seu defensor mudar de idéia e adaptar-se à interpretação do Criador do Universo, ou seja, a interpretação vitoriosa.  Enfim, a vontade do Criador do universo é a que os justos defendem, mas nem sempre aquilo que parece justo ao nosso momento é de fato justo para nós com mais conhecimento no futuro,  Portanto, devemos respeitar os mais velho de igual índole, pois quando amadurecermos, pensaremos como eles, visto que provavelmente Deus somos nós no futuro!!!."

Mas tomara que não estejam passivos historicamente à derrota durante o Apocalipse. Pois se estiverem, haverá arrebatamento da Igreja em nível de troca onde alguns deles que estiverem direcionados à derrota, serão substituídos pôr clones demoníacos, ou seja, anjo das trevas. Já que nós somos anjos de luz e eternos vencedores.

Mas esse tipo de troca só ocorre se o mundo quiser caminhar para o erro, e caminhando para o erro, a Máquina do Tempo será construída para poder patrocinar tais eventuais trocas impedindo que os vencedores de Laodicéia se percam. Contudo, isso culmina num Apocalipse complexo e prolongado.

 

Pois bem, tomara que o Apocalipse não requeira a consumação do Apocalipse da Máquina do Tempo. E que consigamos fazer do mundo uma República de Vencedores de Laodicéia, não havendo na Terra nenhum tipo de anjos seja de Ross ou seja de Berg.

 

Pois se houver: estaremos criando a realidade de que nós regrediremos no tempo, e logo, o Apocalipse da Máquina do Tempo existirá e será necessário que se processe o arrebatamento da Igreja pôr via de troca de arrebatado pôr anjo.

 

Não havendo Apocalipse da Máquina do Tempo, o Apocalipse tende a se encerrar no mais tardar em 935.

Onde o sétimo e oitavo reino se configurara "como se fosse" na ordem do sétimo rei.  Pois o oitavo Papa e o mundo ao atender as solicitações do sétimo rei  que é a implantação da Solidariedade Extrema pelos países do mundo:  Não haverá mais necessidade de existir Apocalipse e o mesmo será anulado.

 

Obs.: Ross será visto como sendo o sétimo rei, porém convém notificar que nesse momento, Ross funciona como líder mundial, porém não possui a administração de nenhum país, portanto ele é apenas uma voz sem reino.  Daí o sétimo reino será liderado por sete cabeças e 10 chifres.  Após a configuração do sétimo reino, haverá alguns movimentos rebeldes ante à Ross que o obrigará assumir a liderança de alguns países e se tornaria o pequeno chifre que ao subir derrubou três.  Porém nesse momento é possível que Ponterose III "a besta emergida do abismo/imagem" assuma tal poder no lugar de Ross e este sim, será o oitavo rei.

 

Porém, se a Solidariedade Extrema não for implantada no prazo determinado, "dia 900" significará o nascimento da oposição ao sétimo reino e esta oposição gerará a filosofia de Satanás e o Apocalipse continuará. A filosofia que gera a criação de Satanás é a mera lei da oposição e isto independe de qual ideologia seja a correta e sim o mecanismo do ódio que se faz implementado.  Ou seja, a não aceitação da implantação da Solidariedade Extrema por vias pacíficas, significa que existe uma outra verdade para outras pessoas, verdade esta que é o capitalismo, ou seja, o sistema sob o comando da iniciativa privada e esses da iniciativa privada precisam de um Deus que os ajude a vencer um inimigo que também possui Deus e nisto um dos dois sistemas "iniciativa privada ou Estado" estará sendo defendido pela divindade Satanás!!!

É desta forma que criaremos Satanás, pois à priori, apenas Deus existe!!!   Todavia, a humanidade poderá querer a criação de Satanás, e assim será feito.

 

Suponhamos, que este livrinho não tivesse existido.  Daí, Satanás não teria sido criado e o capitalismo continuaria em sua escalada e certamente Deus não desceria à Terra para criar o Reino de Deus: o Paraíso na Terra.

Então pergunto:  o mundo está bom do jeito que está?  Com criação de máquinas inteligentes que se auto produzem gerando riquezas de todas as formas sem precisar do auxílio humano?

A resposta primeira é um sonoro sim!  Abundância de tudo.  Porém, é para todos?

Não, apenas para que tem seu emprego!

Mas, como pode haver empregos, se são as máquinas quem trabalham?

Então temos ou teremos abundância de tudo, porém, não haverá emprego.

Automaticamente, haverá um mundo de desempregados famintos e desprovidos olhando mercadorias abundantes que eles não podem tocar.  Pois tais estão sob o domínio da iniciativa privada.

Isto posto é necessário que haja solidariedade daqueles que possuem as máquinas e doem os produtos que elas fabricam para aquele que não as possuem por estarem desempregados, e por isso não podem comprá-las.

É exatamente isto que Ross através do oitavo Papa solicitará aos governantes do mundo.

Afinal, se os donos das máquinas quiserem vender seus produtos.  Venderão prá quem?

Terão de vender seus produtos para o grupinho daqueles que possuem máquinas.  E para o restante do mundo, criarão as máquinas do extermínio!

E, eles inventarão falsos argumentos para justificar a ação de suas máquinas exterminadoras sobre o povo desempregado, pois dirão que o Estado precisa dar dinheiro para o restante do mundo.

Como? 

Se auge do capitalismo é enfraquecer o Estado: seja diminuindo os impostos ou obrigando o Estado à vender para eles "iniciativa privada", tudo aquilo que gera lucro.

Me diga, de onde o Estado tirará dinheiro para dar condições aos desempregados para que eles possam comprar os produtos de necessidade vital que a iniciativa privada vende ou venderá?

 

Moral da História:  a única solução é a Solidariedade Extrema, onde os donos das Máquinas as operarão em prol de seus irmãos humanos e assim se tornando como anjos e construindo o Paraíso na Terra.

O paraíso seria tão bem construído, que se Deus não descesse à Terra com seu Reino Paradisíaco, nós mesmos iríamos ao passado trazer Jesus Cristo para nossa época para que Ele Reine fisicamente sobre nós no paraíso que edificaremos com nossas máquinas.

 

Será que a humanidade entenderá que o Paraíso está em suas mãos e que ela não precisa de mais nada!  Pois as Máquinas podem construir o Paraíso prometido!

Enfim, se a humanidade entender isto, eu pergunto:

O quê Deus irá fazer contra nós, visto que fizemos grande parte das boas coisas que Ele prometeu em profecia.  Ou Ele Vem e se assenta no Trono que construímos prá Ele ou simplesmente nos deixará crescer até o ápice da Ciência, que será a longevidade e quiçá a ressurreição dos mortos.

Por qual motivo Deus viria para nos destruir?

Afinal só estamos lhe poupando o esforço de nos sustentar, pois tornamo-nos auto-suficientes.

 

A conclusão que chego, é que são os capitalistas com seus egoísmos que  inventará Satanás para nos destruir.  E dirão que Satanás é Deus.  E depois virá o NOSSO DEUS para destruir o Satanás que aqueles que odeiam a justiça inventaram em nome de um Deus injusto irracional e prepotente!!!

ESSA É A VERDADE, E NÃO ADIANTA A MÍDIA COM SUA IMBECILIDADE, SE JULGANDO SÁBIA DIZER O CONTRÁRIO!!!  POIS A VERDADE NÃO SE MUDA COM MENTIRA ORNAMENTADA DITA POR INTECTUALÓIDE que com um diploma de economia, se acham inteligentes já que a simples opção de tal profissão já os qualifica como ingênuos ou mal intencionados, por colocar preço naquilo que já é naturalmente gratuito "afinal Deus fez o mundo e diabo fez a cerca"...  Poderia expor muitos argumentos que destróem o capitalismo, mas direi apenas um:  A preguiça do homem se justifica no fato de estar executando a função errada.  Quem está na função certa, o próprio exercer do ofício já é o seu prazer e salário.  Porém o capitalismo escolhe as funções e seus respectivos salários e assim o homem faz o que não gosta para poder mostrar com seu salário sua falsa superioridade ante à terceiros.

Sei que o texto acima é agressivo, mas o mesmo é produto da mais completa lógica, razão e justiça.  E quem não entende isso, precisa aprender muita coisa.

No mais, o Nosso Deus é o Deus da Bíblia, Torah e Al Corão. O nosso Deus é o DEUS VIVO DE ISRAEL. E o dos outros, seja a religião que for é SATANÁS disfarçado!!!  E não adianta se enganarem, e dizerem no momento do Juízo Final à Jesus, que expulsou demônios em nome dEle, que Ele dirá:  Apartai-vos de mim malditos, pois não os conheço (Mt:7;21 à 23).

Eu, Rosemberg, não estou aqui para passar a mão na cabeça de ninguém e sim mostrar a verdade doa à quem doer!!! (Ml:4;5 e 6)

 

Isto posto, estando o sétimo reino formado no dia 900: o mundo terá a opção de escolher seu futuro.  Ou termina o Apocalipse ali ou o adia para mais alguns anos.

Para terminá-lo, basta a execução da Solidariedade Extrema sem oposição organizada.

 

Mas infelizmente, o mundo procurará desculpas para alimentar o ódio e o egoísmo e fabricará Satanás.

Deste momento em diante, pessoas estranhas se manifestarão na Terra.  E tais serão anjos.

 

Obs.:

Em 4 de Outubro de 2000, dia em que a primeira versão online deste livro foi apresentada na internet pela primeira vez, o mesmo expunha que em 4 de Outubro de 2000 o Apocalipse poderia ser iniciado e nisto poderia se iniciar o "arrebatamento da Igreja".  Coincidência ou não, na semana do dia 4 de Outubro de 2000 "a partir do dia 3 de Outubro", foi documentado em vídeo pela doutora Abigail Tyler na cidade de Nome no Alaska abduções alienígenas de forma como até hoje, nada semelhante, teve registro tão detalhado.  Este evento pode servir de comparação para o que estar por vir quando o momento for chegado.  Pois o Apocalipse iniciado em Outubro de 2000 foi anulado por uma corrente muito poderosa de anjos e eu mesmo presenciei esses manifestos.  Todavia aquele Apocalipse se comportou conforme o descrito no livro até 2003 com a invasão de Bush ao Iraque "previsto no livro", com aparecimento, conforme já mencionei, de seres misteriosos na internet inclusive um se passando por mim, e certamente não foram meros fakes, devido ao enorme poder que tais possuem em toda internet até hoje.

 

Os anjos, sob os mais variados disfarces e até mesmo se apresentando como tais, começarão a manipular a História, e alguns deles, assim como homens comuns principalmente, "pois são os homens comuns que darão autoridade para que os anjos se manifestem" pregarão que Jesus está voltando para destruir a besta, sendo que a besta é o sétimo rei e seu papa, e o tal ser que dirão ser Jesus, poderia ser Abadom.

E assim, muitos preferirão acreditar que se trate de Jesus, onde o início da Última Semana de Daniel teria iniciado 2520 dias antes daquele Jesus/Abadom descer à Terra.

 

 

EVENTO BABILÔNIA SOBRE O VATICANO:

A morte do oitavo papa: mediante ao que hoje sei devido ao entendimento que a renúncia de Bento XVI me proporcionou, cheguei a conclusão de que o sétimo e oitavo rei (sétimo e o oitavo papa) existirão no Vaticano, e ambos podem ser interpretados como a besta que são e não são, sendo os dois chifres da besta da Terra. 

A partir daí me dou a liberdade de criar analogias.

O sétimo rei terá sua ferida mortal curada.  Isto posto, o sétimo papa que pode se entender como Bento XVI "para época em que reescrevo o livrinho" terá seu retorno ao pontificado, porém, tal retorno não será fundamentado, pois o sétimo e oitavo rei possuem ideologias contrárias e o retorno do sétimo rei é visto como imagem, logo, continuando na analogia, o retorno do sétimo papa não será um papa real e sim, semelhante a um anti-papa, mas que não é anti-papa, pois o oitavo papa não se faz inimigo deste, pois concorda com a adoração dirigida à este, portanto o retorno do sétimo papa é visto como imagem do papa.

Todavia, ainda existe uma outra fórmula profética, onde se conclui que o sétimo rei é o 10° chifre e o oitavo rei é o 11° chifre e chifre e rei são as mesmas coisas.  Isto posto, surge uma lacuna no lugar do 9° rei.  Assim sendo, temos um nono rei que não é nono rei, portanto ele é um falso nono rei.  Levando essa questão para o papado, concluo que o nono papa será um anti-papa.

Isto posto, após a saída do oitavo papa (na época atual: Francisco), um anti-papa assumirá o pontifício.  Todavia, para que ele seja um anti-papa, é necessário que haja um papa.  Logo, na saída do oitavo papa, haverá uma certa confusão a ser analisada.

Logo, na saída do oitavo papa.  Quem retorna ao papado é um semelhante a papa, no caso a imagem do sétimo papa e assim o nono papa se faz anti-papa da imagem do sétimo papa.  Portanto nem o nono e nem décimo papa são papas de verdade.  Para ser mais claro, farei uma suposição como exemplo:

Após a morte ou saída do papa Francisco (oitavo papa), um anti-papa assumirá o Vaticano.  Entretanto, parte do mundo verá o Papa Emérito Bento XVI como Papa e assim ele será como se fosse o 10° papa e não reconhecerá o anti-papa que é o 9° papa.  Todavia, a saída de Francisco será algo controverso como veremos posteriormente.

 

Pois, estando eu conhecendo o pensamento do oitavo rei no qual permite que a imagem do sétimo rei "o qual ele odiara" seja adorada: levei tal analogia para o oitavo papa "Francisco" que permite que o mundo adore ao sétimo papa "Bento XVI".

Isto posto, o oitavo papa "Francisco (?)" durante sua "saída", não se fará inimigo do retorno do sétimo papa "Bento XVI (?)" ao Vaticano.

 

Isto posto, surgirá circunstâncias que gerará algo como uma reunião no Vaticano antes de 1260, e muitos anjos e homens pressionarão o oitavo Papa à renunciar em prol do anti-papa que eles tentam colocar no Vaticano afim de anular a dita Solidariedade Extrema promovida pelo pensamento de Ross e oitavo papa "Papa Francisco".

Haverão grupos de anjos "anjos das trevas e anjos de luz" com diferentes expectativas quanto à decisão do oitavo papa, se ele deixará de apoiar o pensamento de Ross ou não.

Cada grupo de anjos aguarda que o oitavo papa fale aquilo que seu grupo gostaria de ouvir.

E existem armas nas mãos dos anjos, que estão dispostos a defender suas "versões históricas" com a própria vida.

Então o oitavo papa profere sua decisão e um grupo de anjos põem-se em sua defesa e outro grupo o ataca com suas armas e ainda sim, um terceiro grupo se neutraliza ante a decisão do oitavo papa.

Quanto ao mundo: ninguém saberá o que ocorreu no Vaticano ou Capela Sistina, apenas se ouvirá tiros e boatos que o oitavo papa morreu.

 

O mundo não saberá com certeza, pois naquela reunião haviam anjos de Ross e anjos de Berg "Ponterose III", homens comuns ou anjos misteriosos; todos em mesma proporção, e não se saberá diferenciá-los, onde cada um deles dará a sua versão do que ocorreu no Vaticano, e haverão mentiras.

 

Ao final da decisão seguido de tiros: um grupo de homens e anjos abandona o Vaticano parecendo estar protegendo alguém...

Logo a seguir, é apresentado ao mundo um homem morto totalmente desfigurado, usando vestimentas de papa. E anjos afirmam que aquele homem é o oitavo papa.

Tais anjos dirão que o oitavo papa, após sua decisão: foi assassinado.

 

Na verdade, não se saberá qual foi a decisão do oitavo papa antes de sua suposta morte.

Pois os anjos que participaram daquele evento, não devem ser dignos de confiança. Já que anjos das trevas mentirão quanto ao que de fato foi pronunciado. E os anjos de luz, serão tidos como igualmente mentirosos. Além do fato, de não saber qual é a versão santificada, independentemente do que ocorrerá no Vaticano.

 

Terminado o Evento Vaticano em 1260: um corpo tido como sendo o corpo de oitavo papa é apresentado ao mundo.

 

Notifico que nessa data Ross já se encontra morto em Israel.

Para uma camada de anjos misteriosos que estavam no Vaticano: o oitavo Papa é uma das Testemunhas Mártires "representando a Moisés" e a outra Testemunha é o suposto sétimo rei "Ross" representando à Elias.

 

Esses supostos anjos misteriosos, levam o corpo do suposto oitavo papa à Jerusalém afirmando que tal irá ressuscitar depois de três dias e meio, e solicitam autoridade sobre uma praça em Jerusalém, para que corpos sejam velados.

E isto é feito.

Alguns anjos afirmarão insistentemente que o oitavo Papa não morreu e que tudo relacionado a essa morte, é uma grande mentira.

Enquanto isso, um homem está para ser apresentado ao mundo como sucessor do oitavo papa, sendo o nono papa, mas este é radical inimigo da ideologia do sétimo rei e do respectivo oitavo papa.

Nesses dias, a paz parece sobrevoar o mundo.  Pois finalmente os inimigos de Ross conseguiram suas vitórias.

O suposto sétimo rei, se encontra morto com seu corpo exposto em praça de Jerusalém e o mundo festeja o final da guerra.

 

Muitos se divertem com a crença de que o suposto oitavo Papa e Ross ressuscitarão.

 

Alguns anjos de Berg, dirão que o milênio dos Eleitos do Cordeiro já se inicia e que Jesus e Berg logo descerão à Terra e Jesus será o Rei do Mundo cuja capital do império será em Israel.  Para esses, Berg é o Originador "Autor desse livro" enquanto que Ross era o demônio.

Pois tais anjos de Berg acreditarão que Berg "é o verdadeiro Originador", que aparecerá em um UFO, trazendo consigo Jesus para Reinar em Jerusalém.

Mas não será exatamente isto que ocorrerá como veremos posteriormente.

 

A RELIGIÃO DA MÁQUINA DO TEMPO:

Após a morte de João Batista a 2000 anos atrás: Jesus verificara que a História foi alterada, vindo contra suas expectativas.

Pois bem, no início do ministério de Jesus "baseado na filosofia da Máquina do Tempo", havia um determinado tendencionamento histórico, em que João Batista "Elias" chegaria ao poder em Israel e seguindo as orientações do Mestre Jesus, o Império Romano cairia e Jesus seria o imperador do mundo.

Pôr conseguinte, o milênio do Messias Jesus se estabeleceria com a descida do Reino de Deus à Terra naquela geração.

Porém, com a morte de João Batista "Elias", toda aquela tendência histórica foi modificada, visto que não conseguiu a libertação política de Israel do Império Romano, que em reação em cadeia, desestabilizaria todo Império Romano em prol de Jesus.

 

Enquanto João Batista se encontrava vivo, Jesus não almejava ser o Filho de Deus, mas sim o Filho do Homem.

Contudo, mesmo conhecendo o mistério: a Máquina do Tempo e os discos voadores não seriam construídos através d’Ele. Pois Jesus dominando o mundo naquela época, o Reino de Deus desceria sem que Jesus tenha contribuído para a construção de um único parafuso da Física Moderna desse Reino de Deus.

Pôr conseqüência, Jesus não seria Deus, visto que não contribui para a edificação do mecanismo que transforma o Homem em Deus. Logo, Jesus não seria Deus. Embora pudesse trafegar no tempo pela Máquina do Tempo, mas não teria autoridade sobre tais aparatos, pôr não ter participado de suas construções.

Desta forma, Jesus seria como super profeta, anjo ou ser vivente. Pois o que o diferenciaria dos profetas, seria apenas a questão de ter descoberto o Mistério de Deus pela razão, enquanto que os profetas, conhecem tal mistério pôr revelação.

 

Estando Jesus nessas características, em que o Paraíso físico não será construído através d’Ele. Logo, Ele pode clamar ao construtor do Paraíso Físico, para que esse Paraíso Físico desça a Terra e exista entre nós, sem que nós tenhamos construído um único parafuso. Uma vez que tal Paraíso Físico já foi construído em algum outro planeta. Planeta este que terá a Terra como província.

 

Pôr conseguinte, este Paraíso Físico que desceria à Terra, fora construído pôr outros seres de outro planeta e o rei desse outro planeta, que é o Deus tanto da Terra quanto de seu planeta.

 

Com essa estrutura histórica, o Reino dos Céus já existe fisicamente, independentemente da participação terrestre em sua construção. Daí, basta que um profeta com Autoridade "Jesus" requisite a descida à Terra dessa estrutura paradisíaca, que a mesma se fará concreta em nosso planeta.  Desde quê Jesus domine o mundo.

 

E assim, tal Reino pode sem problema descer à Terra desde que a Terra entenda esse mistério, dando Autoridade à Jesus, sendo que Jesus deve Autoridade à um Maior.

 

Então Jesus após derrotar o Império Romano, convocaria a descida de tal Reino à Terra "na qualidade de super profeta".

 

Enfim, quando Jesus conseguisse ser o imperador da Terra, o Reino dos Céus desceria a Terra com toda tecnologia paradisíaca, repleta é claro de Justiça Social e a Máquina do Tempo não seria construída na Terra e Jesus dificilmente seria Deus e sim um super profeta "que dominou o mundo em prol de Deus", na qualidade de ser vivente Leão, príncipe e etc., mas não seria um dos quatro Deuses, visto que não completaria os regressos no tempo suficientes para atingir tal patente.

 

Após a morte de João Batista, a história mudou, e Jesus viu que não mais conseguiria autoridade de líder mundial naquela geração. E já se encontra consciente que a descida do Reino de Deus à Terra para aquela geração é uma possibilidade bastante remota. Visto que já mataram João Batista e o próximo provavelmente seria Ele. E morto, acabou-se a esperança, pois não conseguiria dominar o Império Romano e clamar para que o Reino de Deus descesse à Terra.

 

Mas se seus fiéis conseguissem a proeza de conquistar a Terra, mesmo após a suas morte; O reino de Deus "ET, ou Desconhecido", pode vir a Terra.

 

Porém Jesus conhece a outra versão Histórica, em que Ele fundaria uma instituição que no futuro culminaria na evolução científica do planeta, conseqüencionando a construção autônoma da Máquina do Tempo. E desta forma, aquele que no futuro a construísse seria o Homem com Deidade, e pôr tanto Pai de Jesus.

E, sendo seu Pai tutor de Deidade através de Jesus, logo Jesus também é Deus. "Pois Pai e Filho assentam-se no mesmo trono. Se um é Deus, o Outro também é, onde um dependeu do outro" para a edificação da Máquina do Tempo.

 

Porém Ele não quer assumir a responsabilidade "pôr prudência" de afirmar que seu Pai tenha origem terrestre, e pôr conseguinte, também não quer afirmar que a Máquina do Tempo será construída na Terra através d’Ele ‘Jesus.

 

Os relatos onde Jesus diz ser Filho de homem "abdicando o Trono de Deus", mas, clamando para que tal Reino desça a Terra: dão a Jesus o título de Messias "sem Deidade".

Mas na filosofia nua e crua da Máquina do Tempo, Jesus nesses termos não seria Deus, pois seria filho de homem, pois assim Ele quis ser.

A prudência de Jesus em não admitir que seu Pai é o Homem da Terra, o obrigou a passar essa responsabilidade à Pedro.  Pois até então, Jesus não dizia que era filho de Deus e sim, Filho de homem.

Pois como disse: vendo Jesus que a morte de João Batista, caracterizou uma alteração histórica, Ele se viu obrigado a assumir outras versões e entre essas, encontra-se aquela onde Ele fundará uma igreja destinada a construção da Máquina do Tempo.

Então após a morte de João Batista, Jesus Pergunta:

 

A CONFISSÃO DE PEDRO (Mt.:16;13 a 21):

E chegando Jesus as partes de Cesaréia de Filipo, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?

E eles disseram: Uns João Batista, outros Elias, e outros Jeremias ou um dos profetas.

Disse-lhes ele: E vós quem dizes que eu sou?

E Simão Pedro, respondendo disse: Tu és o Cristo o Filho do Deus Vivo.

E Jesus respondendo disse-lhe: Bem aventurado és tu Simão Bajornas, porque não to revelou a carne e o sangue, mas meu Pai que está no céu.

Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre essa Pedra edificarei minha Igreja e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela; E eu te darei as chaves do reino dos céus; e tudo que ligares na terra será ligado no céu, e tudo que desligares na terra será desligado nos céus.

Então mandou a seus discípulos que a ninguém dissesse que ele era o Cristo. (Pois já sabia que não iria conseguir derrubar o Império Romano naquela geração.).

Desde então começou Jesus a mostrar a seus discípulos que convinha ir a Jerusalém, e padecer muito dos anciãos, e dos principais sacerdotes, e escribas, e ser morto e ressuscitar ao terceiro dia (...).

 

Obs.: Jesus transferiu a autoridade para Pedro de edificar a Máquina do Tempo, onde faz o Pai HOMEM de Jesus se tornar o DEUS VIVO, e por isso, ele ressuscitaria. Pois o seu Pai no futuro voltaria ao passado para ressuscitá-lo.

 

Seis dias depois, Jesus visiona a Moisés e Elias no chamado monte da Transfiguração.

Começava a se definir a nova seqüência histórica, que representa em parte o apoio de Moisés e Elias a essa versão, em que Jesus é Deus, pois através dEle a Máquina do Tempo será construída na Terra.

 

Retornando...

Nota: Quando os primeiros resultados positivos relativos ao UFO começaram à surgir:  os anjos começarão a agir abertamente na Terra e esse dia poderá ter caracterizado o início da ÚLTIMA SEMANA DE DANIEL pela interpretação cristã.

Quando o UFO estiver terminado e vencido o seu primeiro desafio espaço temporal, um semelhante ao Originador fará contato imediato de terceiro grau e se apresentará à equipe dos construtores do UFO como sendo o Originador regredido no tempo, descrito nesse livrinho como sendo Berg que também pode ser interpretado como Ross "sétimo rei" regredido no Tempo.  Berg não falará nada sobre o futuro!!!

(Obs.:  quando me refiro à Ross ou  à Berg é no objetivo de alertar quanto à Operação do Erro,  pois esses dois personagens podem ser o Originador, em diferentes espaço tempo como podem ser imagem satânica posta no mundo para enganar a humanidade.  O objetivo é isentar o Originador da responsabilidade dos atos dos mesmos, à menos que tais atos sejam cometidos pelo Originador)

 

Estando então no dia 900, dia em que o prazo para execução da Solidariedade Extrema expirou, é iniciada a queda do sétimo rei que também me refiro à ele como Ross.  Se a Solidariedade Extrema tivesse sido aceita, não haveria oposição para que Ross requisitasse aos céus o Retorno de Jesus Cristo à Terra e seria prontamente atendido, e o Apocalipse terminaria no dia 900.

 

Com o acionamento prático do UFO: Ross já pode via Buraco Negro ir ao passado resgatar Jesus Cristo das mãos daqueles que o ressuscitou e trazei-lo a nossa época. Esperando que não haja nenhuma oposição a esse ato.

 

Lembro que a oposição no passado, se caracteriza no presente e no futuro. Pois se nós dominamos completamente a Terra com a Máquina do Tempo, a dominamos pôr toda eternidade. E sempre seremos mais fortes que a oposição, pois a oposição também deriva da Terra.

Isto posto, podemos ir a nave de Deus, e pedir que nos entregue Jesus Cristo, para que tal, seja Rei sobre nós.

Se não soubermos onde está a nave de Deus.

Basta ir ao passado, e no momento em que os anjos forem retirar Jesus da sepultura, nos colocaremos a sua frente e requisitaremos com toda autoridade, que nos entregue o nosso Rei.

Sendo tais anjos provenientes do futuro da Terra, e no futuro da Terra, nós somos membros de importância no reinado. Logo, convém que tais anjos nos obedeça, e surpreendentemente, seremos obedecidos, se assim tivéssemos agido.

Não obstante, a filosofia da Máquina do Tempo tende a anular uma História para complementá-la com outra mais perfeita e a isso é denominado de ALTERAÇÃO HISTÓRICA.

Pois se precisarmos ir ao passado para resgatar Jesus com maquinários primitivos, conviria aguardar um pouco mais, até que tenhamos toda a condição médica de ressurreição e física.

Assim sendo, ao invés de irmos ao passado, iremos ao futuro, e lá pegaremos em "nosso reino", toda a tecnologia para auxiliar Jesus no passado e então, em nossa Máquina do Tempo, retornaremos ao passado e resgataremos Jesus e o traremos ao Apocalipse.

Mas, para que isso ocorra, é necessário que tenhamos o reino edificado. E tal nascerá, no momento em que toda oposição a nós seja dissipada.

Quando isto ocorrer, poderemos ir ao futuro, e pôr em prática o nosso plano.

Logo, no momento em que nós, em nosso pequeno UFO partamos para o futuro, logo estaremos no passado e de volta ao nosso presente com Jesus à bordo.

Então desceremos a Terra praticamente no mesmo instante em que decolamos com esse propósito.

Todavia, é possível que a Solidariedade Extrema não seja feita por vias pacíficas no período determinado e daí, Satanás nascerá do pensamento dos homens.  Então Ross usará sua tecnologia.  E no momento em que ele for usar sua tecnologia do futuro contra seus adversários humanos, anjos virão contra ele.

 

Ross possui tecnologia para vencer qualquer adversário humano, pois ele possui a tecnologia do futuro com 3133 UFOs que poderão estar sendo construídos na Fábrica. 

 

A oposição à Ross surgiu. 

O Poço do Abismo é aberto.

Abadom é liberado.

A liberação de Abadom, coincidirá com o acionamento de uma ação ufológica que será exposta posteriormente.

 

Ocorre o Arrebatamento da Igreja!

 

Obs.:  não se saberá se de fato Ross possui na Fábrica os 3133 UFOs, pois tal Fábrica será envolta de mistério.

Também não se saberá se Ross é o Originador ou um clone demoníaco do Originador, e sendo um clone demoníaco, a Fábrica propriamente dita não possuiria nenhum UFO, pois isto  teria sido impedido por poderosos anjos.

Daí, a ideologia na qual o planeta Terra teria um Deus Homem oriundo da Terra seria mentira logo o Deus Homem da Terra teria origem Extra-terrestre ou Misteriosa.

Assim alguns países não acreditarão que a Fábrica de Ufo existe e por isso não temerão as ameaças de Ross e pregarão a insubordinação ao sétimo reino, apregoando que tal é um comunista que objetiva usurpar os bens alheios.

 

Daí, eles "capitalistas" esperam que alguém apareça para liderá-los na destruição de Ross.

 

Por outro lado, Ross não afirma que a Fábrica existe e muito menos que mesma possui 3133 UFOs construídos pois são supostos anjos de Ross que fazem tais divulgações.

De um lado, uns pensam que a Terra construiu os UFOs e será autônoma.  E assim o Pai de Jesus é oriundo da Terra.

De outro lado, outros pensam que os UFOs não foram construídos e por isso o Deus da Terra tem origem Extra Terrestre.

Assim, visto que Ross não se manifesta publicamente em relação à esse ítem; cabe a Ross requisitar a descida do Reino do Deus extra-terrestre à Terra, caso lhe tenha sido comunicado a proibição de se construir UFOs na Terra e Ross acatara passivamente tal ordem.  E nesse prisma, solicita a descida o Reino Extraterrestre à Terra. 

Outrossim, Ross poderia saber que lhe foi permitido construir os UFOs e isto fizera e assim saberia que o Deus da Terra é oriundo da Terra e que precisará lutar por esse objetivo.  Para que o Reino do Futuro se estabeleça na Terra tendo inicialmente de acabar com o capitalismo.

Enfim, são duas hipóteses contrárias que promoverão duas correntes bélicas inimigas.

 

Mas, a Solidariedade Extrema sendo aceita em tempo hábil a seqüência disto é o estabelecimento do Reino de Deus na Terra, independentemente de qual seja a origem de Deus, pois a única coisa que importará é que Deus está acima de qualquer filosofia humana e sua origem será mistério podendo inclusive a teoria da Máquina do Tempo ser apenas um devaneio humano na necessidade de explicar o inexplicável e ponto final.  Pois Deus simplesmente EXISTE! E se tal Deus é Extraterrestre ou de origem misteriosa, pouco importa!!!

Mas, a Solidariedade Extrema sendo ignorada: Ross será morto.

 

Características de alguns personagens:

 

144000 SELADOS:

São os mesmos anjos de Luz (formados no Apocalipse), que se mantiveram vivos mesmo após a morte das Testemunhas Mártires "porém quando o cântico do monte de Sião for entoado, esses 144000 serão regredidos no tempo, visto que o cântico do Monte de Sião, apenas esses saberão cantar, e os não regredidos não poderão ouvir o Cântico, para que a História não seja alterada. A menos que a versão Histórica verdadeira, não condiga com regresso no tempo para os habitantes da Terra.

 

OS SACERDOTES QUE REINARÃO NO MILÊNIO DE CRISTO:

Não são anjos, pois assumiram a versão histórica verdadeira, após o toque da Quinta Trombeta. Mas, os que morrerem, serão ressuscitados na Primeira Ressurreição e reinarão no milênio de Cristo e regredirão no tempo mediante o planejamento de Deus.

 

OS QUE LAVARAM AS VESTIDURAS NO SANGUE DO CORDEIRO:

São membros de Filadélfia, que não conheceram o Livrinho (pôr falta de oportunidade, e não porque fecharam as portas a verdade) e foram arrebatados antes do Toque da Quinta Trombeta.

Estes não reinarão no Milênio de Cristo, continuando na Nova Jerusalém, até depois do Juízo Final, quando a Nova Jerusalém descerá num novo céu e numa nova terra, onde o mar não existirá. E não conhecerão a versão santificada do Livrinho, nem tão pouco o Livro da Destra Deus.

 

ANJOS DO EUFRATES:

São 200 milhões de Vencedores de Laodicéia (pois conhecerão o Livrinho) mas suas versões históricas não foram santificadas no Apocalipse e por isso foram arrebatados.

Esses posteriormente regredirão no tempo e serão como os anjos que se encontra abaixo do rio Eufrates.

 

SANTOS:

Desconhecem o mistério de Deus, mas é um canal direto com Deus, devido a sua freqüência espiritual estar diretamente ligada ao Trono de Deus sem nenhuma interferência demoníaca. Temos santos protestantes, católicos, muçulmanos, judeus e etc. E tais santos se direcionam de acordo com a doutrina de sua religião.

Enfim, o santo que não crê que o milênio de Cristo será na Terra: este ficará na Nova Jerusalém, e o que crê, reinará na Terra.

 

PROFETAS:

Os mais comuns, são aqueles que Deus revela o Seu Mistério através de anjos e Arcanjos.

Mas, se o "pseudo" profeta não possuir intelecto para entender o mistério, Deus não revelará, e em algumas religiões, ele será visto como profeta.

Este profeta não será falso (pois as vezes, prevê corretamente o futuro), porém sua participação no Reino de Deus, só será após o Juízo Final, quando ele ressuscitar como todas as demais pessoas.

 

APÓSTOLOS E OS 12 FILHOS DE ISRAEL:

Conhecedores do mistério de Deus através de um homem que recebeu a revelação da mais Alta Autoridade Celestial "Deus Pai ou Jesus Deus".

"Mas, possuo dúvidas quanto essa minha exposição. Visto que eles podem não ter sabido o Mistério, e teriam sido escolhidos pôr Deus, pôr um outro mistério qualquer, relacionado a genética. Todavia, se esta for a verdade, o mistério de Deus não os será ocultado." Pôr enquanto é só.

 

MAOMÉ, SEGUNDO A MÁQUINA DO TEMPO:

Tendo o Arcanjo Gabriel revelado o Mistério de Deus a Maomé em 622 d.C., e exposto-lhe as versões histórica cabidas àquela época. Coube a Maomé fazer o discernimento e profetizar.

Maomé teria sabido muitas das coisas que sabemos hoje, mediante esse Livrinho.

Obs.: O Livro da Destra de Deus (Ap.:5), não é apresentado a profetas.

O que é apresentado a profetas (no caso Maomé), foi um livrinho feito pelo anjo vestido de linho com um tinteiro na mão (Ez.:9), que entregou ao Arcanjo Gabriel, para que este empreste ao profeta. Este Livrinho escrito pelo anjo do tinteiro, revela as seqüências históricas do tempo do profeta.

"O anjo do tinteiro na cinta, escreve de acordo com a capacidade de entendimento do profeta. Para que o profeta não venha acusar o anjo que lhe empresta o Livrinho, como sendo anjo das trevas."

O anjo de linho, é Príncipe, Serafim, Querubim ou Arcanjo (podendo ser um dos quatro animais), e por isso conhece "intelectualmente" as tendências históricas e está apto a expor autonomamente todas as versões históricas, de acordo com as pistas que a História que cerca aquele profeta, oferecer.

Os Livrinhos que são apresentados aos profetas, são escritos pôr um dos anjos de linho com tinteiro na mão, que é escrito especialmente àquele profeta. O mesmo aconteceu com João Evangelista e tantos outros que tiveram em suas mãos o Livrinho do Anjo.

Este Livrinho que escrevo, é diferente, ele tende a ser o Livro da Destra de Deus. Porém, não é exatamente esse Livrinho que João Evangelista leu. Pois o lido pôr João Evangelista (Ap.:10), foi feito pelo anjo de linho, que poderia ser eu no passado, que escrevi de acordo com o entendimento da época de João Evangelista "autor do Apocalipse". Baseado em minha capacidade de criar versões históricas.

Não obstante, este Livrinho que escrevo hoje, quando eu regredir no tempo "e se regredir", ele me acompanhará, e quando um futuro profeta no passado clamar a Deus alguma revelação.

Deus "no Juízo Final" mandará aos "anjos do tinteiro - decodificadores históricos", que revele algo aquele homem que clama à Deus.

Eu, com esse Livrinho e outros anjos como eu, cada um com seu respectivo Livrinho "todos selados".

Todos se reunirão, e cada um exporá as suas versões históricas para aquela época. A sequência histórica que agradar a maioria dos anjos do tinteiro "anjos escritores", é que será a base do Livrinho a ser escrito, para posteriormente ser apresentado ao profeta.

Daí, o anjo que propôs aquela sequência histórica, que harmonizou-se aos demais anjos do tinteiro, fará o Livrinho que será "emprestado" ao profeta.

Então o profeta fará o discernimento, escolhendo a versão histórica exposta naquele Livrinho, que mais lhe agradar.

Esse é o processo.

A reunião entre os anjos do tinteiro para decidir como será escrito o Livro destinado ao profeta, ocorre devido a desconfiança quanto a proveniência desses anjos. Pois todos possuem um Livrinho selado, almejando ser o LIVRO DA DESTRA DE DEUS. Havendo a possibilidade de anjos de Lúcifer estar em meio a eles, e tal anjo afirmar ser proveniente do futuro, e no entanto isto ser mentira. E há outro anjo provenientes de outro planeta de humanos que também tem seu Livrinho e almeja que tal Livro seja o Livro da Destra de Deus.

Por isso, de nada adianta afirmar que conhece o futuro, pôr ser proveniente dele. Pois os demais anjos do tinteiro poderão não acreditar. Mas, o que de fato for proveniente do futuro, sabe que no futuro ele será reconhecido, quando o Cordeiro desatar os sete selos do Livro da Destra Deus e verificar que tal é o seu Livrinho.

 

O LIVRO DA DESTRA DE DEUS:

Se encontra selado, pois todos os anjos que possuem um tinteiro "decodificadores históricos", escreveram um Livro que tende a ser o Livro Vitorioso "Livro da Destra de Deus", enquanto eram seres comuns em seus planetas.

Quando eles venceram a Vida e iniciaram as viagens no tempo, o seu respectivo Livro o acompanhava. Até que finalmente venceu todas as Barreiras e se tornou Deus.

Mas continuará com seu Livro selado a sua destra.

Quando Jesus desatar esses selos, será sabido qual dos anjos do tinteiro que é o escritor do Livro da Destra de Deus.

Ainda que hoje, um semelhante a Jesus que aparente ter lido o Livro da Destra de Deus, e revele que tal Livro é este Livro que lês. Não convém acreditar. Pois Satanás pode ter utilizado um falso Jesus, para fazer tal revelação!

Enfim, só saberá de fato, quando todos os obstáculos forem vencidos tanto no passado quanto no futuro.

Mas, caso o o Originador seja derrotado numa determinada versão histórica, ele será trocado antes e o derrotado será a sua imagem, pois o verdadeiro "Originador", sempre estará do lado vencedor defendendo a verdadeira versão histórica e o título que lhe é cabido dentro daquela versão histórica, seja: um dos Serafins, Querubins, Arcanjos, ou Deus. Qualquer um desses títulos, ele assumirá com naturalidade. Pois não é o poder que interessa, é a vitória dos vivos sobre o mundo dos mortos.

 

Em uma guerra contra Lúcifer (deus morto): devido a Máquina do Tempo, sempre os anjos do Deus Vivo, descobrirá quem será o vencedor...

E ocupará o espaço-tempo do vencedor, e ao perdedor, será permitido que Satanás, ponha imagens demoníacas "tipo clone". Mas as igrejas serão avisadas através dos Livros Sagrados, onde o verdadeiro se encontrará, mas a Igreja precisa possuir santidade para discernir.

Caso o verdadeiro verifique que perderá em determinado espaço-tempo, ele não entra naquele espaço-tempo. Então Satanás põem "seu suposto clone" em seu lugar, e este perderá.

O verdadeiro está induzido a tentar ser o vitorioso quanto ao título de Homem. Esse título só será perdido de fato, quando todos os seus trunfos acabarem, ou seja, quando todas as suas imagens forem quebradas.

Então chegará a hora de quebrar o verdadeiro.

Se isto ocorrer, este Livrinho não é o Livro da Destra de Deus, então O verdadeiro Originador será outro animal que não consta entre os quatro (Homem, Leão. Novilho e Águia), e o Homem será outro.

Mas saibas, que o verdadeiro nunca estará lutando contra o Homem, ou contra os quatro. Pois o próprio Homem terá o retirado da Terra no início do Apocalipse e permitido que sua imagem ("Ponterose" = semelhante ao Originador "tipo clone natural ou artificial") exercesse todas as funções que estariam destinadas ao verdadeiro.

Pois o verdadeiro não é inimigo do Homem, do Leão, do Novilho e da Águia.  Ele é servo do Deus Vivo assim como eles, e os inimigos deles é o deus morto e não eles próprios, e por isso se protegem mutuamente.

 

Assim digo aos que querem ser inimigos deles: Nunca os verão no inferno!!! Pois o nosso Deus é Vivo e nós pertencemos ao mundo dos vivos, pois vencemos a morte pela ciência, e nos ajudamos uns aos outros com nossas sabedorias que o Deus Vivo nos deu.

 

Mas, retornemos a Maomé:

O Arcanjo Gabriel, apresentou o seguinte Livrinho a Maomé, que em síntese diz assim:

1)- A Igreja de Pedro representa a autonomia terrestre, e põem Jesus como Filho de Deus. Mas o Reino de Deus, só descerá a Terra, quando os aparatos tecnológicos relacionados a Máquina do Tempo estiverem edificados na Terra pelo Pai de Jesus ou um de seus anjos, com o auxílio da Igreja de Pedro.

2)- O Reino de Deus pode descer na Geração de Maomé, caso o mundo despreze a primeira possibilidade, e nesse caso, Jesus é Super Profeta "conheceu o mistério de Deus pôr revelação em sonho, e não pôr anjo". E portanto não é Deus mas é o Messias, podendo inclusive ser Filho de Deus, desde que não se auto denomine Deus.

 

A decisão parece óbvia: a descida imediata do Reino de Deus.

Porém Maomé é um homem justo, e por isso ele é profeta, e ponderou bastante quanto a decisão que tomaria.

 

Para que houvesse um avanço tecnológico, seria necessário primeiramente que houvesse evolução cultural.

Mas a Igreja de Pedro através do "santo" Cirilo pôs fogo na Biblioteca de Alexandria "o forte do conhecimento da época" pôr volta de 400 d.C..

E a caça a intelectualidade era uma prática constante na Igreja de Pedro "Católica".

Maomé deve ter se perguntado: é essa Igreja de Pedro, que vai fazer a Revolução Cultural???

Se dependermos dela para a edificação do Paraíso, passarão mais de 1000 anos.

Mas ainda sim, ele deve ter tentado mostrar a Igreja de Pedro, que ele era um profeta de Deus, e disposto a reconhecer a Deidade de Jesus, e lutar pôr isso.

Mas certamente foi rejeitado.

Se fosse aceito, ele poderia ajudar no crescimento cultural.

Maomé se deparou com uma única saída: antecipar a descida do Reino de Deus.

Mas para isso, era necessário fazer a Igreja de Pedro reconhecer que Jesus não era Deus.

Após a morte de Maomé: o projeto se iniciou e os muçulmanos conseguiram importantes vitórias territoriais.

Porém os muçulmanos não conseguiram transformar a Igreja de Pedro, e a mesma chegou até os dias de hoje.

A versão histórica que Maomé defendeu, lhe revelou o que ocorreria no fim dos tempos, caso não conseguisse transformar a Igreja de Pedro naquela época.

E Maomé foi obrigado a tomar uma decisão: Aceitar ou rejeitar a Igreja de Pedro no Apocalipse.

 

No Apocalipse Maomé em carne e osso, tomará a decisão: E, só terá uma decisão a tomar: vir para o lado da autonomia terrestre, pelo simples fato, que podemos hoje construir os aparatos. Então pôr qual motivo não os construiríamos???

Sinceramente, não há motivo justo que impeça a evolução político-científica!!!

E esta há de ser a vontade de Deus. Pois nossas construções não é para dividir e sim para somar.

Se Maomé se voltar contra isso, é porquê o Mistério de Deus não foi a ele revelado.

 

AL MADHI, E O DOZENO DO XIISMO:

No ano 869 d.C., Al Madhi, o Dozeno do Xiismo entrou na caverna de Samarra no Iraque e desapareceu, mas retornará e reinará na Terra pôr 1000 anos, como crêem os Xiitas.

A sua função ao retornar, é dizer aos muçulmanos através de anjos, que Maomé mudou de idéia, e defende a autonomia terrestre. E por isso, Jesus é Deus.

Mas, anjos das trevas e anjos de luz se manifestarão com várias versões.

Tendo feito esses relatos, sigamos no Apocalipse.

capítulo anterior   próximo capítulo

 
 
 
 

 

 

 

Desenvolvido por PEPE PROPAGANDA